domingo, 3 de abril de 2011

Os rebeldes não dizem sim

A rebeldia não deve ser sufocada, devereia ser entendida e administrada, se possível.

Ao contrário do senso comum, os rebeldes não são anomalias, são seres muito próximos do bicho homem. A diferença é que na maioria das vezes dizem não, quando todos esperavam que disessem sim, e dizem sim quando estaria na cara que diriam não. É fato que são incoerentes, pois se há uma palavra que odeiam é essa tal de coerência.

Que destino teria uma sociedade sem seus rebeldes?  Ora, em tal sociedade todos diriam sim, eu concordo. Um rebelde não lidera seguidores, pois representa a antítese de um exército. A rebeldia está em todos nós em maior ou menor grau, de forma latente. Mas o que se percebe é que o consenso pacifista que orienta algumas decisões torna invisível o grito de alguns poucos rebeldes que desafiam o establishment. Por isso, em muitos casos, tem-se a impressão que eles não existem.

Pessoas exaltam a rebeldia de alguns ícones históricos, mas sufocam o pequeno rebelde que tenta se insurgir em seu terreiro. Queremos rebeldes domados, dominados. Espelhamo-nos em rebeldes de outros tempos, de décadas que já se foram. Idealizamos clones. Esquecemos que os indomáveis não se enquadram, ora, são rebeldes, uns sem causa, muitos sem ideologia, simplesmente porque não precisam de uma para viver.

Cazuza

Composição : Cazuza / Frejat
Meu partido
É um coração partido
E as ilusões
Estão todas perdidas
Os meus sonhos
Foram todos vendidos
Tão barato
Que eu nem acredito
Ah! eu nem acredito...
Que aquele garoto
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Frequenta agora
As festas do "Grand Monde"...
Meus heróis
Morreram de overdose
Meus inimigos
Estão no poder
Ideologia!
Eu quero uma pra viver
Ideologia!
Eu quero uma pra viver...
O meu prazer
Agora é risco de vida
Meu sex and drugs
Não tem nenhum rock 'n' roll
Eu vou pagar
A conta do analista
Pra nunca mais
Ter que saber
Quem eu sou
Ah! saber quem eu sou..
Pois aquele garoto
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Agora assiste a tudo
Em cima do muro
Em cima do muro...
Meus heróis
Morreram de overdose
Meus inimigos
Estão no poder
Ideologia!
Eu quero uma pra viver
Ideologia!
Pra viver...
Pois aquele garoto
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Agora assiste a tudo
Em cima do muro
Em cima do muro...
Meus heróis
Morreram de overdose
Meus inimigos
Estão no poder
Ideologia!
Eu quero uma pra viver
Ideologia!
Eu quero uma pra viver..
Ideologia!
Pra viver
Ideologia!
Eu quero uma pra viver...

Nenhum comentário:

Postar um comentário