segunda-feira, 9 de setembro de 2013

MMA-7310 não é apenas uma placa de carro

  


    







       Deixamos Floripa para trás, agora era hora de exercitarmos a paciência. Durante os primeiros quilômetros da 101, o trânsito até fluíra bem. Mas, um pouco mais adiante, tudo voltou ao normal. Que me perdoem as tartarugas, o trânsito parecia uma delas se movendo. 
         O Níkolas se remexeu impaciente. "Estamos na fila que não anda, tente entrar nessa ao lado". Foi o que fiz. Logo na frente nossa fila parou e a que estávamos continuou andando. "Veja a placa do carro aí da frente (MMA-7310). Imagine que alguns nativos de Floripa tomam um bote e tentam chegar ao continente. Vem uma onda e o bote naufraga. Alguém que viu a cena fala ao celular: MMA, mano, MMA, mano. O que ele quis dizer?", peguntei ao Níkolas. Ele passou a mão em sua longa barba ruiva, deixou escapar um leve sorriso de quem encontrou a resposta, e então responde: "Fácil, o cara falou as iniciais de Muitos Manezinhos Afogados, era o que ele estava vendo". 
          O trânsito prosseguia emperrado, ou melhor, não prosseguia. Então o Níkolas olhando fixamente para a placa do carro da frente, que ainda era o mesmo, começa: "Chegamos em casa e percebemos que estávamos sem a chave de acesso ao prédio. No entanto, em poucos minutos estávamos entrando no ap. 401. A Bárbara pergunta: Como entraram, se vocês não tinham a chave? Eu respondo: MMA, Bárbara, MMA, Bárbara. O que eu disse?". Repeti o gesto do Níkolas, como se alisasse a barba, e então respondi: "Minha Mãe Atirou", e completei: "Minha Mãe Atirou a chave pela janela, você disse".
        É preciso ter paciência, muita paciência. MMA-7310. O carro seguia em nossa frente. "A sequência daquela placa 7310, se tomados os números 1, 3 e 7, apresenta uma lógica. Se a sequência continuasse, qual seria o próximo número?". O Níkolas ajeitou sua longa barba ruiva e pensou em voz alta: "1 mais seu sucessor (2) é igual a 3, 3 mais seu sucessor (4) é igual a 7. 7 mais seu sucessor (8) é igual a 15. Logo, o número seguinte será 15".
         Passamos Laguna e o trânsito acelerou. O Níkolas coçou sua longa barba ruiva, recostou a cabeça e deu um longo cochilo. Enfim, chegamos. A Clau nos recebe com "meus homens amados chegaram".
         "Vamos lá, o que vocês querem para comer?", perguntou a Clau. "Por mim, MMA", falei. Ela ainda não sabia de nada, então fui logo traduzindo: "Menos Miojo, Amore". Todo chato, quando percebe que está sendo chato, sente prazer em continuar com sua chatice. Aí, sussurei em seu ouvido: "MMA". "Já sei, menos miojo", ela falou. "Não", respondi. "Agora significa Minha Mulher Amada".
          E assim se foi mais um final de semana lá em casa. E durante o findi MMA*.




*Desafio. O que significa este último MMA. A resposta mais criativa dará direito a um MMA inteiramente grátis. Você não vai querer ficar fora dessa, vai?



         




Nenhum comentário:

Postar um comentário